Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

“Universo em expansão acelerada” – Prémio Nobel da Física 2011. Prof. Doutor Carlos Fiolhais

Hoje, no auditório da Câmara Municipal de Barcelos, realizou-se uma conferência proferida pelo Professor Doutor Carlos Fiolhais, sobre o tema Universo em expansão acelerada. As turmas A e C do 12º Ano marcaram, mais uma vez, presença nesta interessante iniciativa da Biblioteca Municipal de Barcelos, na semana da Ciência.
O orador explicou a teoria da expansão do Universo, baseada numa observação constante e bem documentada do céu e de certos fenómenos físicos. O palestrante referiu que, ao falarmos deste tema, estamos, de forma inevitável, a falar sobre o passado, o presente e, naturalmente, o futuro. O Universo está em constante expansão, no entanto a sua origem e o seu futuro ainda nos escapam.
As teorias sobre o Universo foram várias e sofreram grandes alterações ao longo do tempo: Galileu, Newton, Einstein e Hubble foram, sem dúvida, cientistas muito importantes para este desenvolvimento. O professor, destacou a constante construção do conhecimento assemelhando-a a uma pirâmide. Neste sentido, Einstein não poderia ter desenvolvido as suas teorias sem a base de Galileu e de Newton. O topo da pirâmide está, por ora, por preencher, ou seja, Einstein tem “os ombros livres” para que alguém, com uma nova teoria, suba a pirâmide (nesse caso, dar-se-á um avanço substancial na ciência).
A teoria mais aceite pela comunidade científica sobre a origem do Universo é a teoria do Big Bang ou da grande explosão. Esta está sustentada em 3 factos observáveis: 1- Desvio para o vermelhoque prova que o Universoestá em expansão; 2- A radiação cósmica de fundo; 3- A proporção entre os elementos leves encontrada no universo. Esta teoria pressupõe que o início do universo ocorreu há 14 mil milhões de anos com o aparecimento do espaço e do tempo
Hubble,   através de observações telescópicas das galáxias, contribuíu para a teoria que hoje é aceite uma vez que estas comprovaram que as galáxias estão cada vez mais longe e, quanto mais longe estão, maior é a velocidade do seu afastamento.
O Professor  realçou ainda os físicos que foram galardoados com o Prémio Nobel 2011. Estes observaram a explosão de super novase, medindo a distância entre elas, concluíram a expansão acelerada do universo.
No final da palestra, houve algum tempo para questões. Este tempo foi muito proveitoso uma vez que os alunos aproveitaram bem o facto de ter, perante eles, um génio português da Física para satisfazer a sua curiosidade.
por, Marta Sá e Ana Rita Vilas-Boas, alunas do 12º A da ESB

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.