Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Poesia no Feminino, Leituras encenadas

IMG_0793.JPG

 

Com o objetivo de evocar o Dia Mundial da Mulher, a Beaf chamou cinco mulheres da Literatura Portuguesa: Natália Correia, Sophia de Mello Breyner Andressen, Dulce de Montalvo, Florbela Espanca e Soror Mariana de Alcoforado. Queríamos, com esta iniciativa, dar a conhecer alguma poesia feminina por se tratar de um dia dedicado à mulher. As alunas do 10º D responderam ao ensejo e deram alma ao nosso propósito. Caracterizaram-se, a rigor, e leram alguns poemas das escritoras escolhidas. No final, a plateia atenta de alunos folheou muitos livros de escritoras expostos, propositadamente, na Biblioteca. Nesta iniciativa, não foi inocente a escolha de Dulce de Montalvo. Trata-se de uma ilustre poeta barcelense - tantas vezes esquecida - cuja obra muito nos honra.

A par desta atividade, fizemos ainda uma exposição de fotografias de escritoras portuguesas e estrangeiras.

Vídeos:

Florbela Espanca

Sofia de Mello Brayner

Soror Mariana Alcoforado

Dulce de Montalvo

Natália Correia

 

 

Dulce de Montalvo.jpg

 

“A Literatura e a História "

“A Literatura e a História – O relato da perseguição aos Judeus através do olhar do Anne Frank”

 

IMG_0805.JPG

A tão alardeada flexibilidade curricular pode ser dinamizada em torno de temáticas bem definidas e a partir de propostas simples, como por exemplo, ler um livro com a minha direção de turma na Semana da Leitura. Desafio feito pela Florinda Bogas, desafio aceite, claro!
Qual livro? Qual autor? É preciso pensar rápido, pois está quase a tocar para dentro e a Florinda olha-me interrogativamente. E penso: História, 9º ano, Segunda Guerra Mundial, Holocausto,Formação Cívica e Humana e zás, Anne Frank, claro! 
É nesta fração de segundo e de milhões de sinapses que a ideia emerge, simples e com brilho como todas as ideias. Adolescência, sexualidade, descoberta, mundo interior, prazer na escrita, guerra mundial, racismo, medo, amor, tudo em  apenas um livro: "O Diário de Anne Frank". 
Relendo o livro, as memórias avivaram-se e quase regresso à adolescência. Provavelmente, este Diário terá sido umas das razões pelas quais decidi ser Professora de História.
Barcelinhos, 9 de março de 2018, Alexandra Vieira
Foi desta forma que encerramos a Semana da Leitura na Secundária de Barcelinhos, com inumeras atividades de Leitura e de Escrita. 
Obrigada a todos  que colaboraram connosco. Obrigada António, Helena, Alexandra, Alunos e D. Emília,(sempre disponível e preocupada com a gestão dos espaços). 
 

 

Diários de Escrita

Escolhas para a vida

 ESCOLHASS.jpg

                A vida é um curto espaço de tempo em que nós, humanos, estamos num planeta, na Terra. Neste período, vamos sendo obrigados a efetuar inúmeras escolhas, umas mais fáceis, outras mais difíceis, mas todas elas têm consequências na nossa vida.

                Cada atitude nossa acaba por ser uma escolha e, são estas decisões que vão moldando a nossa personalidade e aquilo que vamos ser, num futuro próximo. Lembro-me de há tempos atrás ouvir a frase “até mesmo quando não escolhemos nada, estamos a efetuar uma escolha”. Fiquei a pensar, por momentos e, foi então, que percebi que a nossa vida é feita de escolhas em todos os momentos, horas e minutos. De um modo geral, a vida acaba por ser a soma de todas as opções que efetuamos.

                Desde muito cedo, vemo-nos obrigados a realizar pequenas escolhas que pouco impacto terão, como, por exemplo, se preferimos comer uma maçã ou um pão. No entanto, com o passar do tempo, teremos de fazer opções mais complexas e com um maior impacto a longo prazo. A este caso podemos associar um daqueles que é o maior dilema dos alunos finalistas do secundário: que caminho seguir? A meu ver, esta é, talvez, a escolha mais complicada que irei ter de tomar, visto que é ela que irá quase que definir o meu futuro. No entanto, há que colocar aquele pequeno medo que nos acompanha, desde sempre, de lado e apostar naquilo que mais gostamos e nos faz feliz.

                São várias as decisões complicadas que iremos ter de efetivar, ao longo desta caminhada, mas também serão muitas as surpresas e recompensas que nos aguardam no futuro. Posto isto, não devemos ter medo de arriscar, uma vez que, mesmo que tenhamos feito a escolha errada, há sempre uma forma de dar a volta. Afinal, o que seria a vida sem erros?

                Concluindo, penso que  devemos sempre encarar todas as opções que vamos ter de equacionar  como um desafio e fazê-las da forma mais responsável possível. O prémio será uma vida bem estruturada e feliz, porque este percurso é o reflexo das nossas escolhas.     

Susana Patrícia Ferreira Barbosa, 12ºD

Semana da Leitura

Xiu! Estamos a ler.

IMG_0783.JPG

 O mote, "Xiu! Estamos a ler" serviu de inspiração a mais uma atividade de promoção da leitura. 

Os alunos do 7º ano da turma B participaram nesta maratona da leitura e, sem pausas nem hesitações, leram em voz alta, ao longo de uma hora, o conto "Avó e neto contra vento e areia", de Teolinda Gersão. Após esta leitura, comentaram o que ouviram num debate muito participado. No final, houve um tempo para degustar uma chícara de chá e uns bolinhos carinhosamente oferecidos pela biblioteca.

 

 

...

Concurso Concelhio "Pequenos Grandes Poetas"    
                                          
A Semana Concelhia da Leitura terminou com o grande espetáculo  "Pequenos Grandes Poetas", realizado no auditório da Câmara Municipal de Barcelos. 
Este evento integrou participantes de todos os escalões do ensino, que levaram a palco a poesia, nas modalidades de declamação e poema original.
A Secundária de Barcelinhos foi representada pelos alunos: 
Diana Silva e Maria Rego do 9º B, que declamaram "Poema para Galileo",  de António Gedeão;
Tatiana Barbosa, 11º B, com  o poema, "A Poesia Vai Acabar", de Manuel António Pina;
Beatriz Arrais, concorrente pelo 3º ciclo, com o poema original "Um Poema";
Maurício Vale apresentou a concurso o poema original, "Amor Universal", com o qual recebeu o prémio do escalão do ensino secundário.
Parabéns a todos os participantes e vencedores.

Poemas concorrentes.

Amor Universal

Branco ou preto não interessa,
O que interessa é o amor
Porque eu, sinceramente,
Nunca liguei à cor.

A minha pele é pele como a tua.
O teu sangue é vermelho, tal como o meu.
É sangue de luta, sofrimento.
É sangue alegre e sem ódio.

És negro e sofres de preconceito,
Mas de mim, meu amigo,
Sempre terás o meu respeito.

Tal como tu, queria que houvesse paz
Em todas as fronteiras,
E reinasse o amor
Entre todas as bandeiras!

João Maurício da Costa Vale, 10º A

Um Poema

Os poemas não são só palavras nem versos.
São sentimentos, pensamentos profundos,
Momentos recordados, abraços demorados,
Liberdade pura, mente aberta e segura.

Nos poemas não se usa só a cabeça,
Usa-se o coração,
solta-se para fora o que está dentro
E as letras dançam na folha,
até encontrarem o seu lugar.
Não é obra humana,
é obra da bondade ou da destruição.

Beatriz Porfíria da Silva Arrais, 8º A
Fotos

Concurso Pequenos Grandes Poetas

Concurso Concelhio "Pequenos Grandes Poetas"    
       

IMG_9950.JPG

IMG_9951.JPG

IMG_9955.JPG

IMG_9956.JPG

IMG_9957.JPG

IMG_9960.JPG

IMG_9961.JPG

IMG_9962.JPG

 

                                  

 
A Semana Concelhia da Leitura terminou com o grande espetáculo  "Pequenos Grandes Poetas", realizado no auditório da Câmara Municipal de Barcelos. 
Este evento integrou participantes de todos os escalões do ensino, que levaram a palco a poesia, nas modalidades de declamação e poema original.
A Secundária de Barcelinhos foi representada pelos alunos: 
Diana Silva e Maria Rego do 9º B, que declamaram "Poema para Galileo",  de António Gedeão;
Tatiana Barbosa, 11º B, com  o poema, "A Poesia Vai Acabar", de Manuel António Pina;
Beatriz Arrais, concorrente pelo 3º ciclo, com o poema original "Um Poema";
Maurício Vale apresentou a concurso o poema original, "Amor Universal", com o qual recebeu o prémio do escalão do ensino secundário.
Parabéns a todos os participantes e vencedores.
 
Poemas concorrentes.
 
Amor Universal


Branco ou preto não interessa,
O que interessa é o amor
Porque eu, sinceramente,
Nunca liguei à cor.

A minha pele é pele como a tua.
O teu sangue é vermelho, tal como o meu.
É sangue de luta, sofrimento.
É sangue alegre e sem ódio.

És negro e sofres de preconceito,
Mas de mim, meu amigo,
Sempre terás o meu respeito.

Tal como tu, queria que houvesse paz
Em todas as fronteiras,
E reinasse o amor
Entre todas as bandeiras!

João Maurício da Costa Vale, 10º A

 

Um Poema

Os poemas não são só palavras nem versos.
São sentimentos, pensamentos profundos,
Momentos recordados, abraços demorados,
Liberdade pura, mente aberta e segura.

Nos poemas não se usa só a cabeça,
Usa-se o coração,
solta-se para fora o que está dentro
E as letras dançam na folha,
até encontrarem o seu lugar.
Não é obra humana,
é obra da bondade ou da destruição.

Beatriz Porfíria da Silva Arrais, 8º A

Fotos

...

Semana Concelhia da Leitura em Barcelos

Um grupo de alunos da nossa escola seguiu, rumo ao centro da cidade de Barcelos para se juntar  às escolas do concelho e participar na atividade "Versos à Solta". 
Do 1º ciclo ao secundário foram declamados poemas de Poetas Portugueses, em vários locais da cidade.    A atividade culminou com a concentração, de todas as escolas participantes e largada de balões, no Largo da Porta Nova.
De regresso à escola de Barcelinhos, o nosso grupo foi para o centro histórico de Barcelos e aí assinalou o "Dia Mundial dos Centros Históricos", declamando poesia no Castelo e no Pelourinho.
A rua serviu de palco para a Leitura: Cafés, Talho, Posto da GNR e casas particulares foram "agitadas" com poesia. 

Fotos


Semana da Leitura

Semana Concelhia da Leitura em Barcelos


Um grupo de alunos da nossa escola seguiu, rumo ao centro da cidade de Barcelos para se juntar  às escolas do concelho e participar na atividade "Versos à Solta". 
Do 1º ciclo ao secundário foram declamados poemas de Poetas Portugueses, em vários locais da cidade.    A atividade culminou com a concentração, de todas as escolas participantes e largada de balões, no Largo da Porta Nova.
De regresso à escola de Barcelinhos, o nosso grupo foi para o centro histórico de Barcelos e aí assinalou o "Dia Mundial dos Centros Históricos", declamando poesia no Castelo e no Pelourinho.
A rua serviu de palco para a Leitura: Cafés, Talho, Posto da GNR e casas particulares foram "agitadas" com poesia. 
 
Fotos



...

Semana Concelhia da Leitura. CLP - Correntes de Leitura Pública.





Os alunos do 8º A,  desafiados a não quebrar a corrente da leitura, homenagearam Fernando Pessoa, Vasco Graça Moura, Camões, Alexandre O'Neill, Sophia, António Gedeão, Saramago, Manuel António Pina, entre outros.
Num ambiente acolhedor ouviram-se vozes, soltaram-se as  palavras, na semana da leitura.