Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Sarau Cultural BE/ CLP - 27.Fev. 2009

Na passada sexta-feira, dia 27 de Fevereiro, teve lugar na Escola Secundária/3 de Barcelinhos um Sarau Cultural organizado pela Biblioteca Escolar e pelo Clube da Língua Portuguesa daquela escola. Como afirmaram as organizadoras deste evento, o objectivo principal foi o de unir a comunidade educativa em redor de diferentes manifestações culturais, propostas e realizadas por alunos, docentes e funcionários da Escola, envolvendo igualmente pais e encarregados de educação.
O objectivo parece ter sido alcançado com êxito, dado o elevado número de participantes e de público que assistiu e apreciou os poemas, as danças e as canções que passaram pelo palco do Auditório da Escola e com a actuação do grupo de fados de Coimbra, "Pardalitos do Mondego", com que o Sarau foi encerrado.
Este evento contou também com a presença do jornalista e poeta Alberto Serra, que brindou os presentes com um poema inédito a propósito da ocasião e a quem coube a apresentação dos "Pardalitos do Mondego", grupo que interpreta, de um modo genérico, a Canção de Coimbra, desde a forma mais tradicional - o fado -, até às forma mais recentes - a balada e a trova. Antes da actuação deste grupo, coube à "prata da casa" mostrar os dotes artísticos na declamação de poesia, na dramatização, na dança e no canto. Na voz da aluna Ana Neco ouviram-se duas canções, uma delas original, nos passos de dança brilharam o Raúl e a Rita, mais um grupo de alunas do 10ºC, houve momentos serenos de poesia na voz de professores, alunos e funcionários, acompanhados à viola por dois alunos, momentos de pura "manifestação" como os oferecidos pelos alunos do 12ºF que gritaram bem alto o "Basta! Pum! basta! de Almada Negreiros e a presença do grande poeta Pessoa entrevistado e revisitado pelos alunos do 12ºE. Houve ainda lugar para a homenagem, numa intervenção sentida do presidente do Conselho Executivo, aos professores Cerqueira e Encarnação que se aposentaram.
Juntos, alunos, professores, funcionários, pais e encarregados de educação, não quiseram perder este espectáculo que, pela sua diversidade e qualidade, agradou a todos. Dança, poesia, música e cor preencheram o serão de cerca de 200 pessoas que no final não poderiam estar mais satisfeitas com o espectáculo que havia sido proporcionado.