Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Chá de Livros de 2011-01-19

Nota com chá
Esta nota,
Será para a Antologia de “chá de livros ” e “livros com chá”
Um pretexto para celebramos a palavra escrita com poesia e bálsamos ….
Sendo uma publicação escolar e sem pretensões editoriais
Pretende celebrar o culto do ofício de escrever!
Será um registo de momentos efémeros,
Que ficarão gravados na memória dos tempos.
Cada poema é fruto de um “ofício de poeta”
Cada poema é um hino à criatividade,
Um estímulo à valorização da poesia …
Esta colectânea guarda em si uma partilha
De vivências e emoções,
De chás, de fragrâncias, de efusões…
Gerados para dar vida aos sentimentos
E às sensações através da palavra e dos símbolos!
Aqui, a poesia tem uma relação privilegiada com o chá
Que é música para os aromas dos sons!
No espaço dos livros e os rumores dos leitores
Intrometeu-se a poesia sorrateira
Enquanto saboreamos um bom chá de erva-cidreira!
Neste ambiente de perfumes etéreos
Ondulam pelo ar, fumegantes:
A sabedoria dos livros
A fantasia da Poesia
A evasão do chá.
A poesia é o chá da literatura
Espalhando melodias de néctares variados
Pelas chávenas de chá com livros!
E assim no encanto dos livros
Misturam-se chá e poesia!
É esta a poesia do chá …
António Carvalho
Director da Escola

Combinação Perfeita
Minha garganta seca!
Enriqueço o paladar com o aroma do chá.
Tragédia, desastre, emana o fumo renascido.
As folhas de hortelã afasto-as num movimento curvilíneo,
Desfigurando as vogais noutra hora combinadas,
Suando assim a história de um livro.
Folhas, irrequietas folhas, que no passado tornaram-se realezas e ainda hoje representadas por páginas que acalmam os poetas.
E ser-se poeta é criar um mundo como se fosse Deus.
Nova informação, novas melancolias neste mundo com várias expectativas.
Abrimos o guião e encontramo-nos em cena.
Batalhas, discursos, alegrias, romances,
Diversas formas de vidas todas elas demonstradas pela palavra.
Aqui está o luxo humano.
O vento estagna-se no ar, criando paredes entre dois mundos e eu
Vou levando a provar o amante do livro.
Sara Ferrete

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.