Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar Dr. António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Biblioteca Escolar Dr. António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

25.Nov.16

Cristina Carvalho na Semana da Ciência

 

Num ambiente agradável e com um discurso claro e pertinente, a escritora Cristina Carvalho prendeu a atenção dos alunos e professores ao partilhar a sua experiência no mundo imaginário, a escrita.
Quando interrogada acerca do seu género literário, contos e ficção, a escritora refere que também escreve poesia. Tem centenas de poemas que, por decisão sua, nunca serão publicados. Referiu que a poesia é "coisa séria" e lembrou um episódio passado com uma amiga da família que a fez jurar que não mostraria os seus poemas a ninguém.
Diz a escritora que o ato de escrever é "quase anestésico". Quando, ao fim da tarde, escreve duas ou três frases é motivo para festejar, mas, no dia seguinte, podem surgir apenas algumas palavras.
Foi, sem dúvida, uma sessão enriquecedora e só possível graças à colaboração dos nossos parceiros, Câmara Municipal de Barcelos, SABEbcl - Biblioteca Municipal. Um agradecimento especial às alunas, Inês Fonseca e Liliana Jardim, do 10º D que tão bem dinamizaram o "Encontro com..." Cristina Carvalho.

 

 

 

 

 

 

 

 

22.Nov.16

11.ª edição do CNL

11ª edição do CNL     



Estão abertas as inscrições para a   11ª edição do Concurso Nacional de Leitura .

A  1ª fase do concurso terá lugar no dia 13 de janeiro de 2017.

Inscreve-te!
Participa!


Consulta o
      Regulamento do concurso                                         
  

16.Nov.16

O Lugar da Poesia

O Lugar da Poesia, por Beatriz Porfíria da Silva Arrais. 8º Ano.


Podias ter errado,
Não conhecias ninguém
Apenas uma nuvem negra dentro de ti,
Negada, ignorada, mas pensavas e sorrias
O que eu perdi.., tinhas tudo...
A mudança, a tua vida acabada.

Podias ter errado,
Mas pensavas e tinhas acertado.
Não. Querias ser feliz e encantar,
Conhecer novos mundos.
Cheguei, vim e perdi.
Não tinhas amigos
Mas uma luz se fez, uma amiga conheci,
e tudo se refez.

Podias ter errado
Tiravas parte de mim sem nada, enfim...
 Foste embora e pensavas...
 O que será de mim?



15.Nov.16

Diários de Escrita

Diários de Escrita, por Carla Sampaio, 12º A
 Apreciação crítica do livro «Filhos brilhantes, alunos fascinantes», de Augusto Cury

De entre dezenas e dezenas de livros que eu já li até hoje, nenhum me tinha levado a tal reflexão e aventura pelos meus pensamentos mais profundos. Falo de um fascinante livro intitulado «Filhos brilhantes, alunos fascinantes», de Augusto Cury.

Foi o primeiro livro que li deste autor, mas garanto que não será o último. Além de ser escritor é cientista, psiquiatra, psicoterapeuta e ainda médico. É um dos mais conceituados investigadores na área da qualidade de vida e de desenvolvimento da inteligência humana.

Através dos seus livros, Augusto Cury leva os leitores a reflexões profundas sobre o rumo das suas vidas e o modo como pensamos.
Tudo começa quando um novo professor chamado Romanov foi destacado para uma escola que tem a alcunha de “Escola dos Pesadelos”. Aqui, tal como indica o nome, tudo era terrível. A relação aluno-professor era infernal e nenhum professor aguentava mais de alguns meses. No entanto, aquele professor parecia ter outro projeto para o futuro daquela escola. Este depara-se com alunos, professores e pais, desiludidos e sem esperança. Contudo, com a arte do ensino, Romanov prova a todos os seus colegas que é possível alterar o rumo da vida dos jovens.
Através de histórias e ensinamentos de vida, este professor mostra aos alunos que a vida tem muito para nos dar, se soubermos guiá-la e alimentá-la com sonhos e objetivos. Pouco a pouco, Romanov devolve-lhes a capacidade de sonhar e de construir uma vida melhor.
Ao longo da minha leitura, sentia dentro de mim uma obrigação de parar a cada palavra para meditar sobre as minhas ações e os meus pensamentos. Vinham-me à mente perguntas que pareciam não ter resposta, mas logo na leitura eu conseguia resolver os puzzles e clarificar os meus sonhos, os meus objetivos e os meus pensamentos. Quando parava de ler, sentia-me mais leve como se todos os problemas e encruzilhadas tivessem desaparecido, pois parecia que de repente a minha vida ficara maravilhosa. Decerto ela já era assim, eu é que não tinha reparado porque estava mais preocupada com outras coisas que agora são insignificantes.
Aconselho, vivamente, a todos aqueles que estão numa fase menos boa da sua vida, ou simplesmente querem aprender a sonhar, a ler este livro intemporal que, com pouco mais de cento e cinquenta páginas, nos coloca no sentido certo para uma vida próspera e feliz.
10.Nov.16

Dia de São Martinho

São Martinho









Provérbios

No São Martinho semeia a fava e o linho.
Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo São Martinho.
Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo São Martinho.
No dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho.
Pelo São Martinho, todo o mosto é bom vinho.
A cada bacorinho vem o seu São Martinho.
A cada porco vem o seu São Martinho.
Em dia de São Martinho atesta e abatoca o teu vinho.
Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho.
No dia de São Martinho, fura o teu pipinho.
No dia de São Martinho com duas castanhas se faz um magustinho.
No dia de São Martinho, castanhas, pão e vinho.
Dia de São Martinho, lume, castanhas e vinho.
Em dia de São Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.
No dia de São Martinho, mata o porquinho, abre o pipinho, põe-te mal com o teu vizinho.
No dia de São Martinho, mata o teu porco, chega-te ao lume, assa castanhas e prova o teu vinho.
No dia de São Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.
No dia de São Martinho, vai à adega e prova o teu vinho.
Pelo São Martinho abatoca o pipinho.
Pelo São Martinho castanhas assadas, pão e vinho.
Pelo São Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
Pelo São Martinho nem nado nem no cabacinho.
Pelo São Martinho prova o teu vinho; ao cabo de um ano já não te faz dano.
Verão de São Martinho são três dias e mais um bocadinho.
Em  São Martinho há de tudo um bocadinho.
Vindima em Outubro que o São Martinho te dará um bom vinho.
O Sete-Estrelo pelo São Martinho, vai de bordo a bordinho: à meia-noite está a pino.

O que é o Sete-Estrelo?


O concelho de Barcelos é, atualmente, constituído por 61 freguesias, três das quais odotam o nome de São Martinho, como seu padroeiro.

Galegos S. Martinho

Vila Frescainha (São Martinho)

Alvito São Martinho

Bibliografia: 
Machado, José Pedro -O Grande Livro dos Provérbios, Ed.Notícias, 1996 
Linkes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Plêiades
http://www.cm-barcelos.pt/
http://www.cm-barcelos.pt/autarquia/freguesias

03.Nov.16

Formação PORDATA

 

A biblioteca e o subdepartamento de Geografia, em colaboração com a Fundação Francisco Manuel dos Santos, organizaram duas sessões de formação para alunos do 11º anos, turmas D, E e TR.
Esta formação foi uma oportunidade para os alunos adquirirem noções fundamentais para uma utilização regular e aprofundada da PORDATA.
A Formadora, Mariana Sarmento, abordou as diferentes formas de acesso, utilização, representação e exportação dos dados, bem como algumas noções básicas para a correta leitura e interpretação dos mesmos.
A formação foi desenvolvida em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE).