Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

...

Diários de Escrita, por Filipa Carvalho e Marisa Carvalho, 10º A.

A importância dos Heróis para a Humanidade

Os heróis são a encarnação do significado de perfeição pressuposto pela sociedade. A sua importância é deveras elevada uma vez que a perfeição sempre foi difícil de alcançar entre os humanos, apesar de muitas vezes julgarem já a ter atingido e superado. Estes indivíduos movem-se, essencialmente, devido ao altruísmo, contribuindo para a sua boa imagem.
O ser humano não prescinde da necessidade de tentar alcançar a perfeição e, para isso, “imprime cópias” de exemplos considerados reflexos e símbolos do perfecionismo. Daí o efeito representado pelos heróis como modelos a seguir. Por exemplo, o facto de existirem adolescentes que transformam inteiramente a sua maneira de ser e pensar baseando-se nos seus heróis idealizados.
O herói move-se puramente pelo altruísmo, ou seja, nele está enraizada a noção de salvar e colocar em segurança o próximo antes mesmo dele próprio. Prova, então, toda a sua coragem, espontaneidade e, acima de tudo, bondade, características invejáveis não só por aqueles que o veneram como também pelos outros que o tentam desprezar. No caso da literatura, grande parte dos heróis imaginados agem somente em prol dos outros, sem nunca pôr em causa a sua própria sobrevivência.
Assim, estes magníficos seres, que agem quase sempre inconscientemente, são indispensáveis para que toda a Humanidade tenha um excelente suporte sobre o que devem fazer de bom. São eles o guia que conduz o ser humano, instantaneamente, pelo lado positivo do que pretende alcançar.



...

Diários de Escrita, por Filipa Carvalho e Marisa Carvalho, 10º A.

A importância dos Heróis para a Humanidade

Os heróis são a encarnação do significado de perfeição pressuposto pela sociedade. A sua importância é deveras elevada uma vez que a perfeição sempre foi difícil de alcançar entre os humanos, apesar de muitas vezes julgarem já a ter atingido e superado. Estes indivíduos movem-se, essencialmente, devido ao altruísmo, contribuindo para a sua boa imagem.
O ser humano não prescinde da necessidade de tentar alcançar a perfeição e, para isso, “imprime cópias” de exemplos considerados reflexos e símbolos do perfecionismo. Daí o efeito representado pelos heróis como modelos a seguir. Por exemplo, o facto de existirem adolescentes que transformam inteiramente a sua maneira de ser e pensar baseando-se nos seus heróis idealizados.
O herói move-se puramente pelo altruísmo, ou seja, nele está enraizada a noção de salvar e colocar em segurança o próximo antes mesmo dele próprio. Prova, então, toda a sua coragem, espontaneidade e, acima de tudo, bondade, características invejáveis não só por aqueles que o veneram como também pelos outros que o tentam desprezar. No caso da literatura, grande parte dos heróis imaginados agem somente em prol dos outros, sem nunca pôr em causa a sua própria sobrevivência.
Assim, estes magníficos seres, que agem quase sempre inconscientemente, são indispensáveis para que toda a Humanidade tenha um excelente suporte sobre o que devem fazer de bom. São eles o guia que conduz o ser humano, instantaneamente, pelo lado positivo do que pretende alcançar.