Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar Dr. António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Biblioteca Escolar Dr. António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

21.Out.15

...

"Onda Rosa"

Aqui fica a reportagem fotográfica das atividades desenvolvidas, na escola, ao longo do mês rosa.
Obrigada a todos que tornaram possível estas atividades. Um agradecimento especial aos professores estagiários de Educação Física, Joana Silva e Nelson  Faria, professor José Carlos Cruz, associação de estudantes,  funcionárias da biblioteca e  BECRI.

16.Out.15

...

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares 


"Ler ou não ler, eis a questão" foi o tema debatido pela nossa convidada, Maria do Sameiro Araújo, Doutorada em Psicologia, Investigadora em Neuropsicologia, Psicóloga do Centro Clínico Educacional Personalizar para falar acerca da importância da leitura e dos seus efeitos na formação cognitiva dos alunos.
A leitura constitui, sem dúvida alguma, uma excelente forma de desenvolvimento do cérebro, tal como o comprova a investigação com recurso a neuro imagem.
Fez-se uma abordagem genérica de algumas características do cérebro e das suas principais funções, com destaque na a área da linguagem.
Reforçou os benefícios da prática de leitura, em termos do desenvolvimento proporcionado, como a capacidade de atenção, o enriquecimento das competências leitoras, a memória/armazenamento da informação, o desenvolvimento de vocabulário, a capacidade de pensar e a escrita.
Foram, ainda, referidos alguns obstáculos a boas práticas de leitura, como sejam as dependências digitais e a privação de sono. Já no final foram propostos, à plateia,  alguns desafios literários, seguidos de uma breve  apresentação de sugestões para desenvolvimento de hábitos de leitura. 
Ao longo da sessão houve lugar a momentos de poesia com a participação de alunos que declamaram poemas relacionados com o prazer de ler.

16.Out.15

...

Dia Mundial da Alimentação


O Dia Mundial da Alimentação celebra-se anualmente 16 de outubro, data em que se assinala a fundação da Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO), organismo responsável a nível mundial pelas questões da alimentação.
A Biblioteca promoveu uma sessão proferida por dois Nutricionista,  Dr.ª Filipa Carvalho que nos ensinou a “Comer bem é saber comer" e o Doutor Domingos Silva que esclareceu a plateia sobre as vantagens e desvantagens das "Dietas vegetarianas/vegetarianismo."
A abordagem destes temas  proporcionaram alcançar os   objetivos propostos na celebração da efeméride: 
Alertar para a segurança alimentar;
Aumentar a consciência do público;
Mobilizar a comunidade escolar para a angariação de  fundos na luta mundial contra a fome.
A Palestra contou, ainda, com a participação de alunos que declamaram  poemas relacionados com o tema.  


Poemas selecionados:
Tabacaria (Excerto)
Não sou nada.
 Nunca serei nada.
 Não posso querer ser nada.
 À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
 Estou hoje perplexo como quem pensou e achou e esqueceu.
 Estou hoje dividido entre a lealdadeque devo
 À Tabacaria do outro lado da rua,como coisa real por fora,
 E à sensação de que tudo é sonho,como coisa real por dentro.
Que sei eu do que serei,eu que não sei o que sou? Ser o que penso?
Mas penso ser tanta coisa!
 E há tantos que pensam ser a mesma coisa que não pode haver tantos!
 Génio? Neste momento Cem mil cérebros se concebem em sonho génios como eu,
 E a história não marcará, quem sabe?, nem um,
 Nem haverá senão estrume de tantas conquistas futuras.
Não, não creio em mim.
Em todos os manicómios há doidos malucos com tantas certezas!
 Eu, que não tenho nenhuma certeza, sou mais certo ou menos certo?
Não, nem em mim...
(Come chocolates, pequena;
Come chocolates!
Olha que não há mais metafísica no mundo senão chocolates.
Olha que as religiões todas não ensinam mais que a confeitaria.
Come, pequena suja, come!
Pudesse eu comer chocolates com a mesma verdade com que comes!)
Álvaro de Campos

Poesia com manteiga
Prometeu-me ambrosias,
Literata, a cozinheira, pelo gosto da estreia,
 cheguei presta e faceira.
Só vi versos com geleia e poesia com manteiga,
 certas rimas lambuzadas, emborcadas sobre a teiga.
 Pus-me tonta e enjoada da poesia e da manteiga.
 No almoço, em contraponto, terei letras de grandeza.
Um gostoso miniconto será minha sobremesa.
 orço pra que Literata desta vez não erre a mão
ou provarei pela errata o sabor da indigestão.
Maria da Graça Almeida 

O Bicho 
 Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus,
era um homem.
Manuel Bandeira


09.Out.15

...

Diários de escrita por,  Bárbara Matos 12ºTR N.º6
"O livro que eu li"
“Corações Gelados”, de Laurie Halse Anderson, narra a história de uma rapariga chamada Lia, uma adolescente anorética.
Através da escrita muito particular e sincera, a autora conseguiu que eu entrasse na mente de Lia, acompanhasse os seus comportamentos, os seus pensamentos e percebesse a guerra que tinha com o seu próprio corpo.
A Lia que ela vê, não é a mesma que os outros vêem e isso faz com que a relação dela com o pai, a mãe, a meia-irmã e a madrasta, não seja estável.
Tal como Lia, Cassie, a sua ex-melhor amiga, sofria da mesma doença e infelizmente acabou por morrer sem se despedirem.
Depois da morte de Cassie, Lia começa a receber “visitas” da sua amiga e consegue vê-la em qualquer parte durante o seu dia e isso atormenta verdadeiramente a sua vida.
A família de Lia tenta ajudá-la da melhor forma, mas a verdade é que Lia não quer ser ajudada de maneira nenhuma.
Os murmúrios, as calorias que contabiliza quando come, a ideia de ser perfeita, o exercício físico feito até à exaustão, o sentido de culpa por não ter ajudado Cassie, as mentiras e tentativas para encobrir a perda de peso, tudo isso leva a que Lia se destrua até à morte.
Lia consegue perceber que assim não viverá muito mais tempo, depois de quase se ter matado em frente a Emma, sua meia-irmã, acabando por aceitar que se tem de tratar.
“Corações Gelados” é, sem dúvida, um livro que não deixará nenhum leitor indiferente e foi, indiscutivelmente, um dos melhores livros que já li!


06.Out.15

...

Outubro - Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

Visitas guiadas:
 "Descobrir a Biblioteca Escolar"

Após a abertura do ano letivo 2015-2016, a Biblioteca Escolar organizou a primeira atividade do ano com a receção e as boas-vindas aos alunos de 7º e 10º ano. “Descobrir a Biblioteca Escolar” integra um conjunto de atividades constantes do programa para  celebrarmos o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares.
Neste âmbito foram organizadas visitas guiadas à BE, para todas as turmas do 7º e 10º anos de escolaridade, com o objetivo de divulgar e dar a conhecer este espaço.
As turmas, acompanhadas pelo professor, participaram na sessão proferida pela Professora Bibliotecária acerca das diferentes áreas funcionais, organização, processo de utilização do posto de consulta e localização dos livros nas estantes. Foram, ainda, analisadas algumas regras de utilização e os procedimentos a seguir para a realização do empréstimo domiciliário e criação do cartão de leitor.
No final da visita, todos os alunos receberam um marcador alusivo ao “Mês das Bibliotecas Escolares”.
Desejamos que esta visita tenha sido a primeira de muitas a este espaço de conhecimento.


06.Out.15

...

Diários de Escrita por, Mariana Melo, nº19 10ºE

O meu projeto de vida

Este projeto pessoal de vida é a organização das várias dimensões da minha vida.
Neste momento, o meu foco são os estudos secundários. Pretendo completar o décimo segundo ano e frequentar o ensino superior, talvez na universidade do Minho.
A área que gostaria de seguir é Direito, mais propriamente, ser juíza. Outra hipótese que coloco é a de vir a ser hospedeira de bordo.
Quando a minha vida já se encontrar estável pretendo casar e ter filhos, construir a minha própria família com a pessoa que amo.
Gostaria de lutar e trabalhar com o meu futuro marido, para ambos proporcionarmos uma vida agradável e estável aos nossos filhos.
Vejo o meu futuro na minha casa, com a minha família, o meu cão (adoro animais!) num ambiente cheio de amor e de boas energias.
Prevejo também muitas viagens, pois adoro viajar e conhecer novas culturas, religiões e costumes.
Sei também que a minha educação irá estar sempre presente em todas as fases da minha vida. Irei cuidar sempre dos meus pais e dos que me são mais queridos, incutindo essa mesma educação aos meus filhos.
Irei sempre tentar ser a pessoa mais correta possível e fazer o bem, para ser relembrada pela positiva. Mas a minha meta essencial é ser feliz junto dos que mais amo, mesmo quando os dias parecerem ficar mais escuros e sombrios, quando as coisas não estiverem a correr como desejo, vou encarar as adversidades de cabeça fria e levantada, porque acredito que dias melhores virão.

02.Out.15

...



Outubro
Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Mês  para as bibliotecas demonstrarem amplamente a importância que têm na vida das crianças e jovens, pelo trabalho que desenvolvem nas áreas da leitura e das literacias, no acesso à cultura e no desenvolvimento da cidadania.
O tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para 2015: 
A biblioteca escolar é super!
(tradução adotada pela Rede de Bibliotecas Escolares).
O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 26 de outubro como:
 "Dia da Biblioteca Escolar".
Programa da BEAF