Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Beaf - Biblioteca Escolar António Ferraz

"Ler engrandece a alma!" [Voltaire]

Oficina de escrita criativa.


Outubro -  Mês Internacionaldas Bibliotecas Escolares, dedicado em 2012 ao tema aglutinador"Bibliotecas escolares: uma chave para o passado, presente e futuro".
Para comemorar o Dia Internacional das Bibliotecas Escolares, a nossa Biblioteca convidou a professora Elisabete Gonçalves para arealização de uma oficina de escrita. Tal atividade consistiu na leitura doinício de uma pequena história, da verificação de que esta era composta porinúmeros vocábulos que continham a vogal E e dareescrita da mesma, mas sem que pudessem usar a vogal proibida, o E, a qual,alegadamente, estaria de greve! Assim, com base em substituição de palavras porsinónimos, hipónimos, hiperónimos e/ou expressões perifrásticas, com recurso apronomes ou até eliminando alguns vocábulos (elipses), os alunos de 8º e de 12ºanos reescreveram a pequena história e deram-lhe continuidade, sem usar a vogalproibida!
Foi uma atividade a que os alunosaderiram com empenho e entusiasmo, sendo de destacar que houve grande tendênciapara  juntarem ideias sem as articular, principalmente no que toca aosalunos do básico, os quais não dominam ainda a subordinação de ideias.
Terminada a reescrita, procedeu-se àsocialização dos  trabalhos, através da leitura dos mesmos ao grandegrupo. Esta partilha visou dar visibilidade aos trabalhos realizados, mastambém proporcionar partilha de caminhos, de formas de resolver asdificuldades, proporcionando uma maior aprendizagem.
No final, fez-se uma análise aosmecanismos a que os alunos tiveram de recorrer e constatou-se que estar privadode usar uma determinada vogal não impede, mas limita a escrita, originando umtexto menos fluido e natural. Contudo, o resultado dos textos foi deveraspositivo!

type="application/x-shockwave-flash"allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true"width="400"height="300">
 

Oficina de escrita criativa.


Outubro -  Mês Internacionaldas Bibliotecas Escolares, dedicado em 2012 ao tema aglutinador"Bibliotecas escolares: uma chave para o passado, presente e futuro".
Para comemorar o Dia Internacional das Bibliotecas Escolares, a nossa Biblioteca convidou a professora Elisabete Gonçalves para arealização de uma oficina de escrita. Tal atividade consistiu na leitura doinício de uma pequena história, da verificação de que esta era composta porinúmeros vocábulos que continham a vogal E e dareescrita da mesma, mas sem que pudessem usar a vogal proibida, o E, a qual,alegadamente, estaria de greve! Assim, com base em substituição de palavras porsinónimos, hipónimos, hiperónimos e/ou expressões perifrásticas, com recurso apronomes ou até eliminando alguns vocábulos (elipses), os alunos de 8º e de 12ºanos reescreveram a pequena história e deram-lhe continuidade, sem usar a vogalproibida!
Foi uma atividade a que os alunosaderiram com empenho e entusiasmo, sendo de destacar que houve grande tendênciapara  juntarem ideias sem as articular, principalmente no que toca aosalunos do básico, os quais não dominam ainda a subordinação de ideias.
Terminada a reescrita, procedeu-se àsocialização dos  trabalhos, através da leitura dos mesmos ao grandegrupo. Esta partilha visou dar visibilidade aos trabalhos realizados, mastambém proporcionar partilha de caminhos, de formas de resolver asdificuldades, proporcionando uma maior aprendizagem.
No final, fez-se uma análise aosmecanismos a que os alunos tiveram de recorrer e constatou-se que estar privadode usar uma determinada vogal não impede, mas limita a escrita, originando umtexto menos fluido e natural. Contudo, o resultado dos textos foi deveraspositivo!

type="application/x-shockwave-flash"allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true"width="400"height="300">
 

O Lugar da Poesia, por Cláudia Fernandes, nº 8, 10º A

Caminhar
Tu caminhas…
                           
Estrada rodeada
De nada,
Pensamentos turbulentos
Arrastados pelos ventos.

Silêncios parecem falar…

Uma brisa passeia-te aface
Talvez para te elucidar,
Tu ergues a cabeça
E continuas a caminhar…

De repente, a noite cai.
Algo trava o teucaminho,
Sentes que tudo acabou,
Sentes-te sozinho.

É aí que desistes
E entristeces o olhar,
Não percebes que a vida
Se faz a caminhar?


O Lugar da Poesia, por Cláudia Fernandes, nº 8, 10º A

Caminhar
Tu caminhas…
                           
Estrada rodeada
De nada,
Pensamentos turbulentos
Arrastados pelos ventos.

Silêncios parecem falar…

Uma brisa passeia-te aface
Talvez para te elucidar,
Tu ergues a cabeça
E continuas a caminhar…

De repente, a noite cai.
Algo trava o teucaminho,
Sentes que tudo acabou,
Sentes-te sozinho.

É aí que desistes
E entristeces o olhar,
Não percebes que a vida
Se faz a caminhar?


Vídeo comemorativo dos 25 Anos da Escola

 Sob o tema da Beyoncé, "I Was Here", homenageamos todos os nossos alunos, professores e funcionários que ao longo destes 25 anos deixaram a sua "marca" nesta Escola. Fotos da autoria os nossos colegas Prof. Artur Loureiro e Prof. João Sobrosa. Montagem do vídeo, Prof. Nuno Cunha.

Vídeo comemorativo dos 25 Anos da Escola

 Sob o tema da Beyoncé, "I Was Here", homenageamos todos os nossos alunos, professores e funcionários que ao longo destes 25 anos deixaram a sua "marca" nesta Escola. Fotos da autoria os nossos colegas Prof. Artur Loureiro e Prof. João Sobrosa. Montagem do vídeo, Prof. Nuno Cunha.

Pág. 1/3